Reaproximando Xiquexiquenses!

COLUNA DE RAPHAEL DESSOTO: CORONAVÍRUS É UMA ARMA BIOLÓGICA.

Muitas pessoas acreditam que o COVID-19 é realmente uma arma biológica uma vez que a China é um dos primeiros Países do mundo a voltar à normalidade e sendo que Pequim a capital do País e Xangai a principal cidade econômica da China terem sido poupadas da Pandemia. Dar uma aparência que o vírus é realmente uma arma biológica visto que o presidente Chinês Xi Jinping no 19° Congresso Nacional Partido Comunista Chinês realizado em outubro de 2017 em Pequim afirmou que a China ate 2050 será a maior potencia econômica e militar do Mundo. No momento em que vários Países Ocidentais vivem um momento de extrema tensão política a narrativa da arma biológica parece uma ótima forma de escape para impedir o crescimento descontrolado da China enquanto os demais países lidam com a crise sanitária interna causada pelo COVID-19, causando sérios prejuízos econômicos no globo.

Contudo a ciência já vem avisando há mais de uma década que não se trata de uma arma biológica e sim uma simples evolução genética do vírus que saltou provavelmente de morcegos que são vendidos vivos no mercado de peixes de Wuhan. Em comparação com a influenza H1N1 (o vírus da gripe) 300 mil pessoas no mundo no surto que ocorreu em 2009 e levou um ano e quatro meses para correr todo o mundo naquela época. Já o COVID-19 em três meses já atingiu todos os continentes habitados e já matou 150 mil pessoas levando o colapso em vários sistemas de saúde como na Espanha, Itália, Equador e NY nos EUA. É importante termos em vista que os números de pessoas doentes no mundo e o numero de mortos em muitos países são subnotificados dado em vista a falta de testes para o corona e os números anunciados pelo ministério da Saúde e da OMS não serem neste momento muito verídicos visto que são contabilizados apenas aqueles que dão entrada no sistema de saúde, perdendo assim os casos em que o corona não apresenta sintomas graves ou leves, que segundo estimativa trata-se de 80% dos infectados. No momento não há nenhum remédio ou vacina para tratar as pessoas dependendo única e exclusivamente do sistema imune da pessoa infectada, cabendo aos médicos tratamentos apenas para os sintomas. No momento a melhor arma contra o COVID-19 é o distanciamento social segundo os especialistas.

Por Raphael Dessoto.

Nenhum comentário

Atenção! Não responsabilizamos pelos comentários aqui, o autor responderá por cada um deles.