Reaproximando Xiquexiquenses!

DEPOIS DE PERSISTÊNCIA RAFAEL "O RAIO" REPRESENTA XIQUE-XIQUE NA SÃO SILVESTRE.

Depois de alimentar um sonho de 20 anos e muita persistência finalmente o maratonista Xiquexiquense Rafael "o Raio" participou da Corrida Internacional de São Silvestre em São Paulo na última terça (31). Largou no segundo pelotão e completou a prova de 15 Km em 1 hora e 05 minutos. Visivelmente emocionado dedicou a medalha ao povo de Xique-Xique em especial seus familiares no povoado do Capão do Martim e a seus colaboradores. Rafael o Raio, 40 anos, pobre, sem estrutura, saiu no 2° pelotão, competiu com a mão machucada, veio de ônibus uma viagem cansativa e graças ao apoio de pessoas que acreditaram fez bonito e representou Xique-Xique, enaltecendo sempre o nome de nossa cidade. Rafael é sem dúvidas o responsável pelo renascimento do atletismo em Xique-Xique, treina diariamente, nos meios de comunicação é o grande divulgador do esporte. Competiu em cidades como Salvador, Xique-Xique, Barreiras, Luiz Eduardo Magalhães, Irecê, Jacobina, Ibotirama, Buritirama, Nova Soure, São Gabriel, Gentio do Ouro, Itaguaçu da Bahia, Souto Soares, Várzea Nova, Ipupiara e Barra. Patrocinadores e Apoiadores que colaboraram com Rafael o Raio: Du & Rose, João Antunes (Zera), Jó Macedo, Tarcísio Macedo, Reinaldo Braga Filho, Marlon Brando, Marcos de Malaquias, Maroilton (Lito), Lugi Galvani, Padre Claudio Nogueira, Pablo Queiroz, Edilson (Apulso), Valdick em São Paulo, Luiz da Odontoxique, Bar do Alemão, Ezio Galdino, Padaria Cambuí de Lindomar, Adriana e família, Célio do Gás, Sicy do Box 34, Oficina Pedale Bem, Blog Xiquesampa e site A1NEWS.

Corrida de São Silvestre: A maratona de São Silvestre foi criada no ano de 1924 pelo jornalista Casper Líbero que ao voltar de uma viagem à França ficou maravilhado com uma corrida noturna em que os competidores carregavam tochas ao longo do percurso. Empolgado com o evento e apaixonado pelo esporte, resolveu promover uma corrida a ser realizada na virada daquele mesmo ano. Em 31 de dezembro de 1924, apenas quarenta e oito dos sessenta competidores compareceram na primeira edição da Corrida de São Silvestre. Considerada a maior corrida do Brasil e da America Latina, a corrida de São Silvestre completou 95 anos em 2019, foram 35 mil inscritos. O vencedor da 95º São Silvestre foi o queniano Kibiwott Kandie que passou a ocupar um posto de honra na maratona ao lado do compatriota e ídolo Paul Tergat. O atleta de 23 anos venceu uma das corridas mais apertadas de todos os tempos, ao conseguir ultrapassar o ugandense Jacob Kiplimo apenas no último metro, cruzar a linha de chegada com apenas um segundo de vantagem e marcar ainda o melhor tempo da história. Ao finalizar o percurso de 15 km com o tempo de 42min59 o queniano superou a marca de Tergat. Em 1995, o maior campeão da São Silvestre ganhou a primeira das suas cinco provas com o tempo de 43min12.Os brasileiros de melhor resultado no masculino e no feminino ficaram em 11º lugar.

FONTE: XIQUESAMPA.

Nenhum comentário

Atenção! Não responsabilizamos pelos comentários aqui, o autor responderá por cada um deles.