Reaproximando Xiquexiquenses!

Reaproximando Xiquexiquenses!

PEQUENAS PROPRIEDADES OCUPAM SÓ 23% DAS TERRAS USADAS PARA PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA.

Novo censo do IBGE mostra que metade da área produtiva no Brasil é ocupada por apenas 1% dos proprietários. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (25) os dados do Censo Agropecuário relativos a 2017. O estudo mostra que aumentou a concentração de terras nas mãos de poucos brasileiros. Quase metade de toda a área agrícola do país, diz o Censo, é ocupada por apenas 1% das propriedades. Durante o ano analisado, o Brasil tinha 5 milhões de propriedades agrícolas. Destas, pouco mais de 51 mil detêm 47,6% terras usadas para produção agropecuária. Por outro lado, pequenos proprietários, donos de terras com até 10 hectares, ocupam somente 2,3% do total. No Censo anterior, de 2006, a concentração atingia 45% das terras. Houve aumento, portanto, de 2,7 pontos percentuais.

Agricultura familiar: 

A pesquisa do IBGE aponta outra tendência: a diminuição dos estabelecimentos ocupados pela agricultura familiar e, consequentemente, o encolhimento dos postos de trabalho. A redução foi 9,5 pontos percentuais em relação a 2006. O segmento também foi o único a perder mão de obra: enquanto houve um incremento de 702 mil postos de trabalho em outros setores do agronegócio, a agricultura familiar perdeu um contingente de 2,2 milhões de trabalhadores.

Aumento do uso de agrotóxicos: 

O estudo aponta ainda que nos últimos 11 anos houve um aumento de 20,4% no uso de agrotóxicos. Como o levantamento foi feito em 2017, a pesquisa não abarca o grande número de substâncias aprovados de 2018 para cá, com destaque para o salto no governo Bolsonaro. Nos últimos 10 meses, o Brasil liberou 382 novos pesticidas.

FONTE: BRASIL DE FATO.

Nenhum comentário

Atenção! Não responsabilizamos pelos comentários aqui, o autor responderá por cada um deles.