Reaproximando Xiquexiquenses!

IBIPETUM EM IPUPIARA: UM DISTRITO EM FRANCA EXPANSÃO MAIOR DO QUE MUITAS CIDADES.



Ibipetum é um distrito do município de Ipupiara (BA), distante a 5 km da sede e 620 km de Salvador, capital do estado. Sua população em 2010 era de 3.030 habitantes, dados do IBGE. O distrito de Ibipetum detém cerca de 30% da população do município de Ipupiara e, somando-se ao centro do município, as duas sedes distritais abrigam em torno de 70% dos cidadãos ipupiarenses. A origem de Ibipetum foi no povoado de Gameleira, quando o território pertencia a Caiam Bola, primeiro nome de Brotas, mais tarde ficou conhecida como Macaúbas, esse nome foi originário do fruto da macaba, e, em 1847, foi elevado à freguesia com a denominação de Vila Agrícola de Nossa Senhora de Brotas de Macaúbas. Antes, em 1751, Manoel de Saldanha da Gama e sua mulher Joana da Silva Guedes de Brito, herdeira desses sertões – doaram ao capitão-mor Romão Gramacho Falcão os terrenos intermediários aos rios Paramirim e Jacaré (APEB, SJ/15/91, f. 27 v),[1] que envolvem, atualmente, vários municípios, desde Brotas de Macaúbas a Irecê. Depois da doação das terras da Chapada Diamantina, Romão Gramacho começou o povoamento da região sempre em busca de ouro e diamantes. Em 1755 ergue a igreja de São Miguel das Figuras padroeiro dos garimpeiros em Ibipetum. Funda os povoados de Oliveira dos Brejinhos e Caiam Bola que posteriormente ficou conhecido como Brotas de Macaúbas. Foi ali que em 1792 Romão Gramacho descobre os primeiros diamantes da província da Bahia. Essa região ficaria conhecida como Chapada Velha. De acordo com nossos antepassados, a civilização iniciou com a chegada de garimpeiros em busca de pedras preciosas, eles se estabeleceram em pequenas propriedades de terras, cultivando a agricultura e explorando os garimpos.

O distrito foi criado pela lei 628 de 30 de dezembro de 1953 e instalado em 1º de janeiro de 1954, conforme a lei, cria-se o distrito de Ibipetum e anexa ao município de Brotas de Macaúbas, com sede em Ibipetum, antigo povoado de Gameleira, com foro de vila. Desde sua origem, a extração de cristais e pedras preciosas foi e ainda é a cobiça dos garimpeiros, que em suas serras exploram até hoje. Na segunda década do século XX, nos tempos de guerra no sertão, decretada pelos Coronéis Horácio de Matos e Militão Coelho, Ibipetum e Ipupiara estavam no meio do fogo cruzado, de um lado Brotas de Macaúbas controlada pelo Coronel Horácio de Matos e do outro Barra do Mendes controlada pelo Coronel Militão Coelho, era assim que se falava: a Chapada Velha (de Brotas de Macaúbas até Lençóis) é de Horácio e a Chapada Nova (do Jordão (atual Ipupiara) até Barra do Mendes) é de Militão. Devido a Gameleira (atual Ibipetum), pertencer geograficamente à Brotas de Macaúbas e estar do lado de Horácio, e o Jordão (atual Ipupiara), estar do lado de Militão, que era de Barra do Mendes, existia uma rivalidade entre os dois lugares que se perdurou por muitos anos, deixando resquícios políticos até hoje. Ibipetum ficou conhecida como a Terra do Fumo, daí advém o seu nome Ibi = terra e petum = fumo, devido à produção do fumo de corda, a destacar a safra dos anos 1960, existia naquela época 40 depósitos de tratamento e embalagem do fumo, onde o produto era exportado para outras cidades do estado da Bahia e de outros estados como Minas Gerais, São Paulo, Maranhão e Piauí. 

Na década de 1970, contava com duas indústrias de tratamento do fumo, a Capelão e a Guarani, o processo era torrar, desfiar e empacotar para ser comercializado o fumo desfiado. Quando a extração de cristais estava a todo vapor, teve um campo de pouso para pequenas aeronaves que trazia os compradores de cristais, localizava-se às margens da BA-156, funcionou até meado da década de 1970. Já teve Delegacia de Polícia, Agência dos Correios e Agente de viagem da empresa EMTRAM (antiga Beira Rio). O distrito teve sua importância política e econômica para região de Brotas e após a emancipação política do município de Ipupiara, hoje o distrito tem sua importância econômica e política, onde suas lideranças contribuem para compor a corrida eleitoral. Na Vila Ibipetum votam mais de 1000 eleitores distribuídos em 4 urnas e ainda existe urnas nos povoados pertencentes ao distrito como Pé de Serra, Riacho das Telhas, Pintada, Sodrelândia dentre outros. Teve os chefes políticos respeitados como Antonio Francisco, Aristides Pereira de Novais, Aristides Silva, José Antonio dos Santos (Dedé), Miguel Martins dos Santos, Noé Ribeiro e outros, dentre os citados alguns participaram da luta pela emancipação do município. Atualmente, nota-se alguns traços de desenvolvimento como a chegada da energia elétrica, abastecimento de água e telefone. O comércio está em expansão com pequenas lojas de roupas, presentes, móveis e eletrodomésticos, materiais de construção, farmácias, padarias bares e pizzaria. As empresas EMTRAM e Novo Horizonte prestam serviços em Ibipetum para embarque e desembarque de passageiros. A parada fica na Panificadora e Mercadinho Santo Antonio, situada à Rua Dr. Manoel Novais, de frente a Rua 13 de Junho, o ponto já se tornou uma referência. O dono do estabelecimento deveria contatar as empresas e colocar a venda de passagens no local, assim daria melhor comodidade aos passageiros, além de gerar renda aos negócios.

Estão em funcionamentos os postos de atendimentos bancários no Supermercado Ibipetum e na Padaria Santo Antonio, do Bradesco Express e do Banco do Brasil, impulsionando na economia local e comodidade dos moradores em pagamentos de suas contas e movimentação bancária, principalmente para os beneficiários da previdência social. O 1º Posto de Gasolina "Posto Formula 1" está em funcionamento desde 20/05/2013, às margens esquerda da Rodovia BA-156 (Avenida Jonival Lucas), entre a Rua Caminho Do Cruzeiro e Rua José João Sobrinho, no trevo para Vila Ibipetum. A sua instalação trouxe desenvolvimento para a vila e região, além de ponto de apoio para quem trafega pela Rodovia, com Lanchonete, Restaurante e Dormitório. Seu movimento será maior, após o asfaltamento da BA-046 trechos entre (Barra do Mendes à Ipupiara) e (Ibipetum à Itajubaquara(Gentio do Ouro), no entroncamento da BA-225/BR-330). O 2º Posto de Gasolina do Distrito "Posto Castro" encontra-se em funcionamento desde 25/04/2013, no Povoado de Sodrelândia, na Rodovia BA-156.

FONTE: WIKIPÉDIA.

Nenhum comentário

Atenção! Não responsabilizamos pelos comentários aqui, o autor responderá por cada um deles.