Reaproximando Xiquexiquenses!

Reaproximando Xiquexiquenses!

ROMEIROS DE XIQUE-XIQUE PARTEM TODO ANO PARA A ROMARIA DO BOM JESUS DA LAPA QUE COMPLETA 328 ANOS.

"A igreja da lapa foi feita de pedra e luz, nós vinhemos para lapa visitar o Bom Jesus", trecho do canto entoados pelos romeiros que partem todo ano para a Romaria do Bom Jesus da Lapa. 

Conhecida com a "Capital Baiana da Fé", a cidade de Bom Jesus da Lapa concentra a terceira maior romaria do Brasil, no mês de agosto, conhecida como a   romaria do Bom Jesus em que atrai milhares de fiéis todos os anos realizada na Gruta do Bom Jesus. A prefeitura de Bom Jesus da Lapa investe no ordenamento para a realização da romaria, Desde o fim de semana mais de 20 de 20 missas já foram realizadas, A romaria ocorre nesta terça (6), ela é a mais antiga do País com 328 anos de história e são esperados mais de 600 mil pessoas. O evento é a 3º maior festa religiosa do Brasil, atrás apenas da Romaria de Aparecida do Norte em São Paulo e a Romaria do Padre Cícero em Juazeiro do Norte (CE). Em Xique-Xique Erótides Leite é o chefe de Romaria mais antigo a viajar com romeiros a mais de 40 anos com destino a Bom Jesus da Lapa. A alguns anos, um grupo de pescadores romeiros viajam durante quatro dias pelas águas do velho chico até a festa religiosa.  Os fiéis pedem muitas orações, benças, pagamento e realização de promessas. Além das recordações que os romeiros trazem de lá como fitinhas do senhor do bonfim, no passado traziam tvs e binóculos de brinquedos viam fotos dentre outras recordações.

O grande diferencial entre Bom Jesus da Lapa e as outras cidades da região é o morro e suas grutas que lhe conferem um clima místico e diferenciado e o estado permanente de romarias. A cidade de Bom Jesus da Lapa começou sua existência à sombra do Santuário do Bom Jesus. Na data em que o Monge chegou a este lugar, havia entre o morro e o rio São Francisco apenas algumas palhoças de índios Tapuias. Mas, com o tempo, foram agregando-se devotos que resolveram fazer suas moradias perto do lugar, onde se achava a imagem do Bom Jesus. O Monge construiu junto ao Santuário, um asilo para os pobres e doentes, dos quais cuidava. Assim começou a crescer ao lado da lapa do Bom Jesus um povoado, assumindo o mesmo nome de Bom Jesus da Lapa. Graças às constantes peregrinações que se transformaram em grandes e permanentes romarias de fiéis ao Santuário do Senhor Bom Jesus, o povoado foi se desenvolvendo, transformando-se em vila em 1870, atingindo a categoria de cidade em 1923, quando foi emancipada, no dia 31 de agosto desse ano. 

Por Adriano Brito.

FONTE: XIQUESAMPA.

Nenhum comentário

Atenção! Não responsabilizamos pelos comentários aqui, o autor responderá por cada um deles.