Reaproximando Xiquexiquenses!

XIQUE-XIQUE: RETIRO DA PICADA COMPLETA 40 ANOS DO "RENASCIMENTO DAS CINZAS".

De origem Quilombola o povoado de Retiro da Picada pertence ao município de Xique-Xique, distante a 120 Km da sede, a 23 Km do distrito de Copixaba e a 15 Km do município de Morpará. Limita-se com Copixaba, Fazenda Franciscana, Fazenda Furrundungo, Pajeú, Santa Cruz (Saco da Cruz) e Morpará. O povoado tem cerca de 1.500 moradores, o padroeiro é Nossa Senhora da Conceição. Dia 07 de Dezembro é realizado a festa do padroeiro e dia 08 de dezembro dia do padroeiro é realizado a missa e batizados. Há 40 anos atrás dia 09 de maio de 1979 a Fazenda Picada foi invadida pelos Marianos que atearam fogo, os moradores resistiram ao ataque. Os moradores se reuniram junto com o Bispo Dom Orlando, o advogado da Fundifran "Paraiba", esse movimento se chamou "Renascimento das Cinzas". Com ajuda e colaboração de moradores e amigos a nova igreja de Nossa Senhora da Conceição começou a ser construída em 2014 e inaugurada em dezembro 2017. 

Parte da História do Retiro da Picada: O processo de grilagem e de Luta pela Terra que outrora ocorreu na região do Médio São Francisco, no Assentamento de Retiro da Picada (Xique-Xique), estado da Bahia, durante o período de 1975 a 1989. Primeiramente, apresentaremos ocaso por meio de uma narrativa empírico-factual e, em seguida, discutiremos as configurações políticas pelas quais o Estado ditatorial abordou a questão da terra. Nesse tocante,centraremos nossas atenções à política fundiária em voga no período (1975-1989)–o Estatuto da Terra (Lei nº. 4.504, de 30 de novembro de 1964) –, pois consideramos que se houveram perspectivas de transformação social, do estatuto de latifúndio ao de Assentamento de Reforma Agrária, como hoje o é, estavam essas minimamente condicionadas às leis de acessoe propriedade da terra vigentes. Dentre alguns conflitos, sobretudo os que ocorreram em 1974-1975, podemos citar:ameaças de expulsão aferidas pelo fazendeiro ao povoado, abate de criações de pequeno porte dos lavradores e o cercamento do povoado, objetivando impedir o livre trânsito de seus habitantes e suas criações. Os moradores da comunidade impetraram, em 1974, uma ação de reintegração de posse na Comarca de Xique-Xique “contra Jesus Teixeira Coimbra e Antônio Mariani Bittencourt”, tendo o Juiz de Direito Dr. Marinaldo Bastos Figueirêdo concedido a liminar em 20 de fevereiro de 1978.10 Nesse momento do processo, sabemos queDurante as décadas de 1970 e 1980 a Fundação de Desenvolvimento Integrado do São Francisco (FUNDIFRAN) acompanhou esse processo. Inicialmente sediada em três municípios baianos – Barra, Xique-Xique e Ibotirama –, a entidade acompanhou inúmeros conflitos agrários na região, de modo que, logisticamente, dividiu a sua atuação em três frentes, denominadas Equipes Inter Profissional (EIPs).

“Fogo e bala contra os Posseiros". É a lei do cão em Retiro da Picada”. Ao amanhecer dos de maio de 1979, desrespeitando a Liminar outorgada pelo Juiz Dr. Marinaldo Figueirêdo, o pistoleiro “Bastião”18 juntamente com “mais cinco pistoleiros fortemente armados com metralhadoras e fuzis”, deram início a um dos maiores, quiçá o maior, ato de violência já registrados na região. Diante do ocorrido, inúmeros lavradores foram à Salvador à procura da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado da Bahia (FETAG-BA), para que a denúncia fosse registrada e tomadas as devidas providências. Feito isso, a FETAG solicitou aoDepartamento de Polícia do Interior (DEPIN/SSP-BA) que o mesmo tomasse as providências cabíveis diante dessa agravante situação. Levando, inclusive, o “MM. Juiz de Direito daComarca de Xique-Xique a enviar ofícios ao sr. Ministro da Justiça, ao sr. Secretário de Segurança Pública, bem como à Corregedoria de Justiça do Estado solicitando providências imediatas.

Colaboração Sanção Pereira, 
Pesquisa Por Adriano Brito ao Arquivo Público Estadual a Universidade Federal da Bahia.

FONTE: XIQUESAMPA.

Nenhum comentário

Atenção! Não responsabilizamos pelos comentários aqui, o autor responderá por cada um deles.