Reaproximando Xiquexiquenses!

EXPECTATIVA DE MEIO MILHÃO DE PESSOAS NA POSSE DE BOLSONARO.

Roteiro está previsto para começar às 14h30, quando o presidente eleito e a mulher deixam a Granja do Torto em direção à Esplanada dos Ministérios. Expectativa para posse de Jair Bolsonaro é de meio milhão de pessoas em Brasília que já tá pronta pra cerimônia de posse e com a expectativa de receber até meio milhão de pessoas. O roteiro previsto para a posse começa pouco depois das 14h. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, e a mulher, Michelle, sairão da residência do Torto em direção à Esplanada dos Ministérios.

Na catedral de Brasília, se encontram com o vice, General Hamilton Mourão, e sua esposa, Paula Mourão. Até 6 mil agentes farão a segurança, alguns deles à paisana, durante o percurso. Atiradores de elite ficarão posicionados no alto de prédios. Até misseis antiaéreos, capazes de abater aviões, poderão ser usados. O espaço aéreo estará fechado num raio de sete quilômetros.

Os organizadores esperam um público entre 250 e 500 mil pessoas. Uma equipe de 46 policiais federais fará a seguranca aproximada do presidente durante o trajeto. Da catedral, às 14h45, o presidente eleito e a mulher seguem de carro até a próxima parada, seguindo o roteiro ensaiado duas vezes. O gabinete de segurança institucional recomendou evitar o desfile em carro aberto, usar um blindado. Mas Bolsonaro prefere o tradicional rolls royce presidencial. O que deve determinar essa escolha é o sol ou a chuva.

Em seguida, Bolsonaro e Mourão sobem a rampa do Congresso e vão para o plenário da Câmara. É aqui que Bolsonaro assumirá oficialmente o cargo de presidente da República. Em seguida, fará um discurso. Na saída do Congresso, o já presidente Jair Bolsonaro passa a tropa em revista. Às 16h25, está prevista a chegada de Bolsonaro ao Palácio do Planalto. Em seguida, Bolsonaro e o vice sobem a rampa do Planalto. Michel Temer entrega a faixa presidencial e o novo presidente faz um segundo discurso, desta vez para o público na Praça dos Três Poderes.

O último compromisso do dia é um coquetel no Palácio do Itamaraty. Onze chefes de estado e de governo estarão na cerimônia. Entre os confirmados estão o presidente da Bolívia, Evo Morales; do Uruguai, Tabaré Vázquez; e o primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

FONTE: JORNAL NACIONAL.

Nenhum comentário

Atenção! Não responsabilizamos pelos comentários aqui, o autor responderá por cada um deles.